ATENÇÃO: ESSE TEXTO CONTÉM SPOILERS DE STAR WARS: OS ÚLTIMOS JEDI

George Lucas, o criador do universo Star Wars, antes da trilogia atual ter sido encabeçada pelos estúdios Disney, tinha em mente uma mudança significativa para um importante personagem.

Nas ideias originais de Lucas para os episódios 7, 8 e 9, a Princesa Leia (Carrie Fisher) apareceria usando a Força, segundo o ator Mark Hamill, interprete de Luke Skywalker na franquia.


Em entrevista à revista Rolling Stone durante eventos de imprensa de Star Wars: Os Últimos Jedi, Hamill revelou uma ideia interessante e curiosa que estava presente nos rascunhos originais de George Lucas para a atual trilogia,

“Isso é algo interessante e que sempre me chamou a atenção porque podíamos nos comunicar telepaticamente e eu falaria para ela, acho que no terceiro filme, que ela também tem poderes. Então eu sempre imaginei, e eu não li a historinha, porque não foi desenvolvida a Força nela e eu acho que é algo que George Lucas indicou para os episódios 7, 8 e 9. Eu estava falando para ele semana passada, mas eles não seguiram as ideias de George, então tivemos que esperar e ver. Mas pareceu um desperdício de um talento interno que ela poderia usar em algum momento”, completou o ator.

Leia usou a força em Os Últimos Jedi, salvando sua vida, desejando voltar para o cruzador da Resistência depois que foi jogada ao espaço após o ataque da Primeira Ordem à sua nave. Depois, ela se conectou com Luke quando ele estava tentando alcançar ela telepaticamente da ilha de Ahch-To, depois que ela se recuperou dos ferimentos. Mas Leia já usou suas habilidades da Força no terceiro episódio.

A exploração maior dos poderes de Leia talvez estivesse nos planos do nono episódio da saga. No entanto, o falecimento de Carrie Fisher no final de 2016, impediu esse e quaisquer outros planos para Leia na continuação da franquia nos cinemas.

Star Wars: Os Últimos Jedi estreou em 14 de dezembro de 2017, atualmente em cartaz.