X-Men: Fênix Negra | Jean Grey se torna a Fênix em imagem; detalhes da trama são revelados

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

X-Men: Fênix Negra ainda vai demorar quase um ano para chegar aos cinemas do mundo todo, mas a EW lançou nessa quinta (07) as primeiras imagens do filme, junto com entrevistas com o elenco e detalhes da trama – confira as fotos mais abaixo.

O filme se passa em 1992, em torno de 10 anos depois dos eventos de X-Men: Apocalipse. Fênix Negra abre com os X-Men, incluindo Mística (Jennifer Lawrence), Fera (Nicholas Hoult), Tempestade (Alexandra Shipp), Noturno (Kodi Smit-McPhee) e Mercúrio (Evan Peters) em um inesperado novo papel: heróis nacionais. Charles Xavier (James McAvoy) chega a ser eleito a Pessoa do Ano da revista TIME.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“O orgulho começa a dominar Charles”, adianta o roteirista/diretor Simon Kinberg. “Ele envia os X-Men para missões cada vez mais extremas por causa de seu ego”. Quando os heróis são mandados para uma missão espacial, uma explosão solar os atinge, o que acorda uma força maligna adormecida dentro de Jean Grey (Sophie Turner) – a poderosa e temível Fênix.

Baseado parcialmente nos quadrinhos de Chris Claremont, uma das histórias mais clássicas dos X-Men, Fênix Negra vai ter alguma das “maiores cenas de ação da franquia até hoje”, adianta James McAvoy. “É também o filme mais emocional que fizemos. Há muito sacrifício e sofrimento”, diz ele.

Turner, que estutou esquizofrenia e outros distúrbios psíquicos a fim de pesquisar o papel, assina embaixo. “É uma batalha pela alma de Jean. É sobre o efeito borboleta dessa coisa aparentemente pequena acontecendo. O que acontece quando uma pessoa que você ama se vira para a escuridão?”, diz ela.

Atores destacam também que o clima no set foi mais “tranquilo” dessa vez. “Esses filmes sempre foram muito divertidos, mas caóticos”, define Jennifer Lawrence. “Agora, eles foram divertidos e organizados. Foi irreconhecível”.

Jennifer Lawrence sobre ter que retornar à franquia: “Me f*di”

A mudança de clima no set pode ter a ver com a mudança de direção. Bryan Singer, que assinou X-Men: Dias de um Futuro Esquecido e X-Men: Apocalipse, não tem exatamente a melhor das reputações de Hollywood – recentemente, o diretor foi demitido do comando de Bohemian Rhapsody, biografia do Queen, por reportadas brigas com o astro Rami Malek.

Anteriormente, os sets de X-Men foram motivo de polêmica quando a atriz Ellen Page acusou o diretor Brett Ratner, que comandou X-Men: O Confronto Final (2006), de assédio e homofobia no set.

Fênix Negra será a estreia na direção de Simon Kinberg, que tem tocado a saga desde o começo como roteirista.O filme chega aos cinemas em 2 de novembro de 2018.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio