X-Men: Fênix Negra | Papel fez Sophie Turner “desistir das baladas” durante filmagens

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

X-Men: Fênix Negra trouxe novos desafios para a atriz Sophie Turner, que começou a interpretar a mutante Jean Grey no filme anterior da franquia, X-Men: Apocalipse (2015).

O papel foi tão desafiador que a atriz resolveu “desistir das baladas” enquanto filmava. “Eu tive talvez duas noites em que realmente foi a uma festa durante os cinco meses de filmagens. Isso é muito pouco”, brincou ela à Ew.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Foi engraçado na primeira noite que eu fui para a cama cedo, porque eu estava nesse jantar em grupo e tinha que trabalhar no dia seguinte, e disse: ‘Galera, são 9 horas, eu preciso estar na cama’. Todos os produtores ficaram chocados, porque eles me conhecem”, disse ainda.

“O fato é que um papel complexo como esse só aparece uma vez na vida. Não poderia desperdiçar minha chance com uma ressaca”, conclui.

O filme se passa em 1992, em torno de 10 anos depois dos eventos de X-Men: Apocalipse. Charles Xavier (James McAvoy) é eleito a Pessoa do Ano da revista TIME e os X-Men são heróis nacionais. Quando são mandados para uma missão espacial, no entanto, uma explosão solar os atinge, o que acorda uma força maligna adormecida dentro de Jean Grey (Sophie Turner) – a poderosa e temível Fênix.

Baseado parcialmente nos quadrinhos de Chris Claremont, uma das histórias mais clássicas dos X-Men, Fênix Negra vai ter alguma das “maiores cenas de ação da franquia até hoje”, adianta James McAvoy.

Jennifer Lawrence sobre ter que retornar à franquia: “Me f*di”

Fênix Negra será a estreia na direção de Simon Kinberg, que tem tocado a saga desde o começo como roteirista. O filme chega aos cinemas em 2 de novembro de 2018.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio