O ator T.J. Miller, que interpreta o Fuinha na vindoura sequência Deadpool 2, não será substituído à luz das acusações de assédio sexual e estupro que pesam contra ele – relembre as denúncias.

A produtora Lauren Shuler Donner foi quem confirmou, em entrevista ao Rotten Tomatoes. “Estamos no final do processo de edição. Isso não vai acontecer agora”, disse.

“Quando ao futuro dele nos próximos filmes da franquia, é algo que o estúdio todo tem que decidir. Não está nas minhas mãos”, contou ainda.


Pôster pode ter revelado título oficial da sequência

Ryan Reynolds retorna ao papel do anti-herói, com Josh Brolin (Cable) e Zazie Beetz (Dominó) reforçando o elenco da continuação, a ser dirigida por David Leitch (John Wick).

Deadpool 2 terminou de ser filmado no dia 14 de outubro e seu lançamento está programado para 31 de maio de 2018.