Jogador Nº 1 | Spielberg tirou os atores do filme de sua zona de conforto no filme

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Jogador Nº1, adaptação de Steven Spielberg para o livro best-seller de mesmo nome que promete trazer diversas referências à cultura pop, terá boa parte de sua trama passando dentro de um mundo virtual.

Devido a isso, Spielberg teve que criar esse mundo usando muitos efeitos visuais e precisava de performances realmente reais dos atores. Para isso, o diretor resolveu tirar os atores de sua zona de conforto.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Foi o que revelou a atriz Lena Waithe, que disse que o diretor tinha um jeito próprio de trabalhar os atores para conseguir as atuações que queria deles no mundo virtual. “Ele tinha esse jeito legal, no qual ele chegava para você e falava ‘Faça isso rápido, da maneira mais humana possível’. De início eu fiquei ‘O quê? Tá, ok.’ Mas isso realmente funcionou. Isso faz você pensar menos em cada linha do diálogo, em cada olhar e em cada movimento. Ele queria muito era honestidade e um momento humano real” disse Waithe ao SlashFilm.

Jogador Nº1 começa filmagens e roteirista elogia livro original

Jogador Nº1 | Avatares de jogadores vão aparecer no filme

O filme será estrelado por Tye Sheridan, Olivia Cooke, Simon Pegg, Ben Mendelsohn, T.J. Miller, Mark Rylance e Win Morisaki. Jogador Nº 1 chegará aos EUA em 30 de março de 2018.

Situada no ano de 2044, a ficção científica distópica acompanha Wade Watts, que, assim como o resto da humanidade, prefere a realidade virtual do jogo OASIS ao mundo real. No game, seus usuários devem descobrir a chave de um quebra-cabeça diabólico, baseado na cultura do final do século XX, para conquistar um prêmio de valor inestimável. Para vencê-lo, porém, Watts terá de abandonar a existência virtual e ceder a uma vida de que sempre tentou fugir.

Jogador Nº 1 marcará a volta de Steven Spielberg a Warner depois de ter dirigido para o estúdio A Cor Púrpura (1985), Império do Sol (1987), A.I.: Inteligência Artificial (2001), e produzido Gremlins (1984) e Goonies (1985).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio