Maze Runner | Diretor do primeiro filme queria final sem gancho para continuação

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A estreia de Maze Runner: A Cura Mortal esta semana no Brasil marca o fim da trilogia baseada nos livros de James Dashner, mas o diretor Wes Ball confessou, em entrevista ao Yahoo, que os filmes quase não aconteceram.

“No roteiro original, e na minha versão original do filme, o final do primeiro capítulo era bem diferente”, diz Ball. “Ao invés de ser sequestrados pelos soldados da CRUEL e levados para a ‘fase Dois’, eles descobririam que todos esses soldados estavam mortos e sairiam sozinhos para o mundo devastado fora do labirinto”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Era um final conclusivo, sem gancho. É claro que eles poderiam continuar se quisessem, mas não havia uma obrigatoriedade. Então, quando mudamos o final, eu pensei: Bom, agora eu vou ter que voltar e fazer os outros dois filmes”, brincou ainda.

Na trama do terceiro e último longa, vemos o jovem Thomas (Dylan O’Brien) embarcando em uma busca desesperada pela cura do vírus conhecido como Flare.

Maze Runner: A Cura Mortal | A aventura chega a um final eletrizante no novo trailer; veja!

Kaya Scodelario, Thomas Brodie-Sangster, Aidan Gillen, Rosa Salazar, Nathalie Emmanuel, Walton Goggins, Katherine McNamara e Patricia Clarkson completam o elenco.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio