Protagonista de Blade tentou levar Pantera Negra aos cinemas nos anos 90

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O protagonista da franquia Blade, considerado realmente o primeiro projeto da Marvel nos cinemas, lá em 1998, Wesley Snipes, quase que fez outro personagem do mesmo universo.

Em entrevista ao site The Hollywood Reporter, Snipes comentou que quase fez Pantera Negra acontecer ainda nos anos 90. Houveram rumores do projeto na época, mas Wesley deixou abandonar o projeto.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Wesley disse: “Eu acho o Pantera Negra conversou comigo porque é um personagem nobre e foi a antítese do estereótipo apresentado na época sobre africanos e sua história, além dos reinos do continente. Teve uma importância cultural e social em mim, foi algo que a comunidade negra e a comunidade branca nunca viram antes”.

Parte do desejo de Snipes em contar a história de Pantera muito antes de ser cogitado pelo MCU nos últimos anos, era justamente mostrar a África de uma maneira bem diferente de como era nos anos 90.

“Muitas pessoas não sabiam que eram períodos fantásticos e gloriosos para impérios Africanos e a realeza Africana. Mansa Musa [Imperador de Mali] era um dos homens mais ricos do mundo comparado aos de hoje. Isso sempre foi fascinante. E eu amei a ideia da tecnologia avançada. Achei que era muito afrente da época”, comentou o ator.

Um dos entraves que não fez o filme acontecer foi especialmente, como a Marvel estava na década de 90, chegando a pedir socorro financeiro, quase entrando em falência, tendo que vender parte dos direitos para a Fox (X-Men, Homem-Aranha), para em 2017, os recuperar.

Pantera Negra, dirigido por Ryan Coogler e que conta a história do rei T’Challa, de Wakanda, estreará nos cinemas em 15 de fevereiro de 2018.

Pantera Negra | Atriz quer inspirar jovens garotas com sua personagem no filme

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio