Corra! | Diretor revela final alternativo mais sombrio do filme indicado ao Oscar

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Recentemente indicado ao Oscar por seu trabalho na direção e no roteiro de Corra!, um dos filmes de terror mais badalados de 2017, Jordan Peele revelou que o filme quase teve um final bem diferente – e mais sombrio.

Corra! traz a história de um jovem negro chamado Chris (Daniel Kaluuya, indicado ao Oscar de Melhor Ator) que visita pela primeira vez os pais (Catherine Keener e Bradley Whitford) de sua namorada branca (Allison Williams). Lá, ele começa a sentir que algo está muito errado com os pais supostamente liberais de sua amada.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No final que vimos nos cinemas, Chris consegue fugir do “culto” liderado pelos pais da namorada, com a ajuda de um amigo, Rod, que estava procurando por ele.

“Por um tempo, o final não foi bem assim. Ao invés de Chris sendo salvo, tínhamos ele conseguindo fugir, mas se deparando com uma espécie de teste final, algo muito sinistro, quando estava na rua do lado de fora da casa”, lembrou Peele ao THR.

“Cortávamos a cena sem saber se ele tinha conseguido vencer esse último obstáculo. Logo depois, víamos Rod chegando perto da casa, encontrando Chris enquanto ele olhava para sua reflexão no espelho, e dizendo: ‘Cara, eu estava procurando por você’. Então Chris olhava para ele de forma meio distraída e dizia: ‘Não sei de quem está falando’”, contou.

Lançado em maio nos cinemas brasileiros, Corra! se tornou um dos maiores sucessos do ano, com US$ 254 milhões de arrecadação ao redor do mundo em cima de um orçamento de apenas US$ 4.5 milhões.

Diretor de Corra! revela que Emoji: O Filme o motivou a parar de atuar

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio