Hans Zimmer pensava que Piratas do Caribe era uma “péssima ideia”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Piratas do Caribe se transformou em uma das franquias mais valiosas e rentáveis da história recente de Hollywood. Mas quase o projeto não saiu do papel.

Em entrevista para o site Vanity Fair, o compositor de trilhas sonoras Hans Zimmer, que produziu o tema de Piratas do Caribe, além de ser conhecido por ter criado trilhas sonoras para os filmes de Christopher Nolan, quase que negou fazer parte do projeto porque, quando viu a primeira filmagem do primeiro filme, achou que era uma péssima ideia.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Zimmer contou: “Piratas foi um completo acidente. Eu estava trabalhando com o diretor Gore Verbinski em algo e eu disse: ‘Então, o que fará depois?’ E ele me respondeu: ‘Bem, estou pensando em fazer um filme de piratas’. Bem, filme de piratas… sério? Realmente? Essa é a pior ideia que já ouvi na vida. No domingo, recebi uma ligação do Verbinski dizendo: ‘Venha cá, olhe isso’. Ele me mostrou um filme que eu não poderia imaginar. E eu amo ver o quão errado eu estava e o quão certo ele estava”.

Claro que Zimmer depois aceitou o trabalho, substituindo o primeiro nome na produção, Alan Silvestri, que deixou a equipe de produção após divergências criativas com a equipe.

Sobre o processo de criação da trilha, Hans comentou que teve um longo tempo fazendo-a: “Houve pouco tempo para mim quando eu entrei. Então eu pensei: ‘Melhor ir para casa e escrever’. Eu comecei 7:30 da noite – explodindo em ideias, criando conceitos -, mas comecei a ficar cansado e a música estava ficando pior e pior. Eu olhei para meus dedos e eles não se mexiam mais e eram 5 da manhã.”

Zimmer recentemente compôs a trilha sonora do novo filme de Christopher Nolan, Dunkirk, além de Blade Runner 2049. Atualmente, está fazendo a trilha de X-Men: Fenix Negra.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio