Lucasfilm é processada por proibir documentário sobre Dath Vader, de Star Wars

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O cineasta Marc John está processando a Lucasfilm, produtora fundada por George Lucas e responsável pelos filmes da saga Star Wars, após ser proibido de incluir uma entrevista com David Prowse em um documentário.

Segundo John, a ausência da entrevista com Prowse, o ator por trás do traje de Darth Vader nos filmes originais, custou cerca de 1.3 milhão de libras, ou aproximadamente R$ 6.1 milhões.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Prowse recentemente se aposentou de aparições públicas

John planejava criar um documentário mostrando os destaques de uma convenção de fãs de Star Wars em Manchester (Inglaterra), e transmiti-lo para fãs que não puderam comparecer ao redor do país.

Segundo o advogado do cineasta, a Lucasfilm contatou os organizadores da convenção, Candy Events, exigindo que eles rescindissem o acordo com John e proibissem a filmagem da entrevista. As informações são do DigitalSpy.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio