Sindicato de atores cria código de conduta para evitar assédio no set

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O SAG-AFTRA, sindicado de atores de Hollywood, publicou nesse sábado (10) uma declaração oficial divulgando o novo código de conduta da associação, criado para evitar novos casos de assédio nos sets de filmagem.

Após denúncias de assédio, contratos em Hollywood terão cláusula moral

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O código, segundo o Page Six, estabelece a responsabilidade de produtores e estúdios de “prover um ambiente de trabalho livre de assédio”, e encoraja atores que também trabalham em posição de produção a reforçarem essa regra.

Além disso, o SAG-AFTRA estabelece diversos recursos para denúncia de casos de assédio, e encoraja não só as vítimas como possíveis testemunhas a levantarem a voz ao verem conduta inapropriada nos sets.

“Para mudar a cultura de verdade, precisamos ser corajosos e dispostos”, disse a presidente do SAG, Gabrielle Carteris. “Em sua forma mais básica, nosso código de conduta pode ajudar a definir assédio sexual mais claramente, e reforçar quais são os direitos dos nossos membros”.

O SAG representa mais de 160.000 atores. Kevin Spacey, Louis C.K., Robert Knepper, Ed Westwick, Jeffrey Tambor e Jeremy Piven estão entre os membros do SAG que foram acusados de assédio desde o ano passado.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio