Oscar 2018 | Produtor barrado na imigração consegue visto de última hora

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dias antes do Oscar 2018, que acontece nesse domingo (04), um produtor do documentário Últimos Homens em Aleppo, Kareem Abeed, conseguiu um visto de última hora para ir à cerimônia nos EUA.

O produtor sírio havia sido barrado na imigração americana, que impôs regras mais duras sob o comando do presidente Donald Trump.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Últimos Homens em Aleppo, que concorre em Melhor Documentário, conta a história da organização Capacetes Brancos, voluntários sírios que se infiltram em zonas de guerra para ajudar vítimas inocentes. É o primeiro sírio a conseguir uma indicação ao Oscar.

Oscar 2018 | A Forma da Água e Dunkirk são indicados favoritos das redes sociais

No ano passado, o primeiro de Trump na presidência, o diretor iraniano Asghar Farhadi faltou à cerimônia em protesto – e acabaria vencendo o prêmio de Melhor Filme Estrangeiro por O Apartamento.

No Twitter, o diretor de Últimos Homens em Aleppo, Feras Fayyad, agradeceu aos “amigos americanos” que ajudaram seu produtor a conseguir o visto “mesmo diante das ordens de Trump”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio