Vingadores: Guerra Infinita | Josh Brolin diz que Thanos “tem coração e é capaz de amar”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Josh Brolin compara o supervilão Thanos, que quer destruir a humanidade e controlar o universo em Vingadores: Guerra Infinita, com o político Dan White, que interpretou no filme Milk (2009).

White, que ficaria famoso por assassinar o colega de profissão Harvey Milk (Sean Penn), primeiro político abertamente gay eleito nos EUA, era só “um cara que precisava de alguém para ouvi-lo e para ajudá-lo” para Brolin.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Com Thanos, é a mesma coisa. Você consegue sentir por ele. Essa insanidade dele vem de uma inteligência que é muito maior do que a de qualquer dos heróis do filme. Quando você pensa em superpopulação e matar metade da humanidade para salvar a outra metade, você começa a entender que ele só quer controle”, diz ainda o ator à EW.

“Ele tem um coração e ele é capaz de amar muito profundamente. Quando conhecemos o passado dele, vemos que ele é diferente de sua família. Ele é o Quasimodo [o Corcunda de Notre-Dame] de seu tempo, e ele se apóia nessa suposta loucura que é percebida nele para superar isso”, completa.

Confira todas as capas da EW aqui

Vingadores: Guerra Infinita estreia nos cinemas em 26 de abril de 2018.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio