Ancine aprova cotas para mulheres trans em editais de cinema

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A partir de agora, a Agência Nacional de Cinema (Ancine) terá cotas para mulheres cis e trans em seus editais. Os recursos do Fundo Setorial do Audiovisual agora darão 35% de seus recursos, para produtoras independentes de cinema, para diretoras mulheres cisgêneros ou transseuxais/travestis.

Diretor brasileiro vai filmar versão gay de Poltergeist

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Além dessa nova medida, a reunião do comitê gestor aprovou também 10% de seus recursos para pessoas negras ou indígenas.

As novidades valem para todos longas de ficção, animação ou documentário que passarem nos editais da instituição.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio