Atriz de American Pie critica o filme: “Falta diversidade” e “não é realista”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz Natasha Lyonne tentou usar as palavras mais gentis que conseguiu achar para criticar um aspecto da franquia American Pie, que a tornou famosa em em 1999.

A intérprete de Jessica nos filmes da saga adolescente, hoje mais conhecida como a Nicky de Orange is the New Black, se diz “confusa” pela experiência teen retratada nos filmes, que ela não acha realista.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Desde quando li o roteiro pela primeira vez, me senti confusa”, disse. “É uma discussão interessante de ter hoje em dia, sobre a diversidade… Já naquela época, eu achava meio entediante ter no cinema só essas crianças héteros, brancas, de classe média vivendo uma experiência suburbana”.

Filho de astro de American Pie ri pela primeira vez ao conhecer seu avô da ficção

“Estou falando não como algum tipo de justiceira social, mas como uma garota urbana que foi um pouco rebelde na adolescência, como todo mundo. Eu não me identificava nem um pouco com a experiência de Jessica”, contou ainda.

Perguntada sobre o motivo de ter aceitado o papel, Lyonne foi bem franca: “Acho que foi o dinheiro. Eu preciso ser justa, American Pie me deu a oportunidade de ter uma carreira em filmes independentes por muito tempo”.

A franquia iniciada pelos filmes dos irmãos Chriz & Paul Weitz em 1999 continuou em três sequências oficiais (2001, 2003 e 2012), além de vários filmes derivados lançados diretamente para vídeo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio