Lars Von Trier ficou “muito ansioso” com último filme e quer dirigir só curtas

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lars von Trier quer tirar uma folga da direção de longas-metragens após uma experiência difícil com The House That Jack Built, que ainda não foi lançado oficialmente.

“Eu tive uma experiência terrível nessas filmagens”, contou ao IndieWire. “Não é culpa de ninguém a não ser minha – eu fiquei com terrível ansiedade, e me enchi de álcool, esse tipo de coisa. Eu não conseguiria encarar outro longa tão cedo”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu tenho um plano para os próximos anos, que são curtas de 10 minutos. Quero fazer dez deles, em preto e branco, algo bem simples, para que eu não me estresse muito”, completou ainda.

Lars Von Trier obriga homens e mulheres a nadar nus com ele, diz jornalista

The House That Jack Built segue 12 anos de amadurecimento de um assassino em série e se foca no assassinato de 5 mulheres.  Matt Dillon (Wayward Pines) interpreta o protagonista, o serial killer Jack, o Estripador.

Bruno Ganz assume o papel de uma misteriosa figura chamada Verge, que envolve Jack em uma conversa recorrente sobre suas ações e pensamentos. Uma Thurman completa o elenco.

Situado em Washington durante os anos 70 e 80, e estendendo-se ao longo de doze anos, a história será contada a partir do ponto de vista de Jack e como ele se torna um assassino em série, e tenta criar sua grande obra de “arte” ao mesmo tempo em que a polícia está perto de capturá-lo.

O lançamento de The House That Jack Built deve acontecer em 2018.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio