O chefe de programação da Netflix, Ted Sarandos, confirmou para a Variety que a plataforma não vai levar filmes e séries para o Festival de Cannes 2018 após uma mudança de regra que tornou difícil a qualificação para as produções da empresa.

O diretor artístico do festival, Thierry Fremaux, anunciou a mudança de regra que exigia que filmes selecionados para a competição principal do festival seriam obrigados a passarem nos cinemas franceses antes de sua estreia por lá.

Segundo Sarandos, a mudança foi “uma mensagem clara” para a Netflix – que, graças a uma lei nacional francesa, não pode estrear filmes nos cinemas do país e depois colocar o título na sua plataforma de streaming.


A última opção seria levar filmes fora da competição principal, mas Sarandos rejeita a ideia: “Nós queremos que nossos filmes entrem em competição justa com qualquer outro”, diz ele. “Levá-los fora de competição arriscaria retaliações e desrespeitos do festival”.

No Festival de Cannes 2017, a Netflix estreou dois filmes com bastante estrondo: Okja, de Bong Joon-ho, e Os Meyerowitz, de Noah Baumbach.

Cannes 2018 | Clássico de Jean-Luc Godard inspira belo pôster do evento

Cannes 2018 acontece entre 8 de maio e 19 de maio, com Cate Blanchett como presidente do júri da competição principal e Benicio Del Toro presidindo a mostra Un Certain Regard, segunda mais importante do evento.

O filme de abertura do ano será Todos lo Saben, com Javier Bardem e Penélope Cruz – veja o trailer.