A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, organização que concede todos os anos o prêmio do Oscar, anunciou nessa quinta (03) que o comediante Bill Cosby e o cineasta Roman Polanski estão expulsos da sua lista de membros.

Anunciando a notícia, a Academia liberou declaração oficial dizendo “que a expulsão foi feita de acordo com o código de conduta da organização”.

Bill Cosby receberá segurança e tratamento especial na cadeia


Pouco depois do escândalo de denúncias de assédio contra Harvey Weinstein, o produtor foi expulso da organização, e a Academia liberou um novo código de conduta para seus membros em dezembro.

Cosby foi recentemente condenado por drogar e estuprar uma mulher, a única denúncia entre dezenas contra ele que resultou em julgamento – saiba mais. O comediante nunca foi indicado ao Oscar, já que era mais conhecido pela sitcom televisiva The Cosby Show (1984-1992).

Enquanto isso, Polanski não pisa em solo americano há décadas após ser condenado pelo estupro de uma garota menor de idade durante os anos 1970 – desde então, diversas outras denúncias contra o cineasta foram feitas. O diretor polonês venceu o Oscar por seu trabalho em O Pianista (2002).

A Academia atualmente se recupera de um baque: John Bailey, atual presidente da organização, foi investigado por acusações de assédio sexual – mas inocentado.

O Oscar 2019 ocorre em 24 de fevereiro.