Os Irmãos Russo não estão contentes em dirigir aquele que pode se tornar o maior filme de verão de todos os tempos nos EUA, Vingadores: Guerra Infinita – eles querem continuar dominando o mundo dos blockbusters hollywoodianos em outras franquias.

“Nós nunca escondemos que Star Wars foi uma experiência seminal e incrível para nós, como foi para todo mundo, na época em que os filmes originais saíram. Eu fiquei no cinema das 11 da manhã as 11 da noite vendo sessões seguidas de O Império Contra-Ataca”, comentou Joe Russo ao ComicBook.

“Seria uma experiência incrível trabalhar com esse universo. A questão não seria nem se queremos, mas se eles nos querem, e se temos uma história para contar nessa franquia”, completou.


Han Solo: Uma História Star Wars seguirá estilo dos longas dos anos 70, afirma diretor

Por enquanto, teremos que nos contentar com Han Solo: Uma História Star Wars, que já é considerado um sucesso – nos EUA, o longa tem vendido mais ingressos de pré-estreia do que Pantera Negra (saiba mais).

Apesar do sucesso, e da notícia de que Alden Ehrenreich assinou contrato para três filmes no papel do jovem Han Solo, o diretor Ron Howard não garante que uma sequência vai mesmo acontecer.

Recentemente, foi confirmado que o filme terá 135 minutos de duração, graças a informações do Festival de Cannes, onde o longa será exibido fora de competição – veja a lista de selecionados.

O longa sobre a juventude do personagem interpretado por Harrison Ford na franquia original (agora, Alden Ehrenreich) ainda tem Thandie Newton, Donald Glover, Woody Harrelson, Emilia Clarke e Paul Bettany no elenco.

Ron Howard (O Código Da Vinci) dirige a produção da Lucasfilm após alguns percalços na produção – anteriormente contratados, os diretores Phil Lord e Chris Miller (Uma Aventura LEGO) foram demitidos no meio da produção.

Han Solo: Uma História Star Wars estreia em 24 de maio de 2018.