Durante uma conversa no Twitter, o ator Paul Bettany revelou detalhes do vilão que interpreta em Han Solo: Uma História Star Wars.

Questionado inicialmente se o personagem foi inspirado em alguém que ele conhecia, Bettany explicou que “Há várias pessoas obscuras que conheci na minha vida e usei como inspiração. Principalmente nesse modo de ficar muito próximo das pessoas fisicamente, e dominá-las de forma física de uma maneira inicialmente amigável, mas que se mostra um erro depois”.

No filme, Bettany aparece com algumas cicatrizes no rosto, e ele ressaltou que aquilo é um marca da espécie de alienígena que ele interpreta. “Não são cicatrizes de fato. Acho que são apenas algo da sua espécie. Eu acho que os outros membros de sua espécie terão as mesmas cicatrizes que ficarão vermelhas quando eles se irritam”.


Han Solo: Uma História Star Wars seguirá estilo dos longas dos anos 70, afirma diretor

Han Solo já é considerado um sucesso, pois nos Estados Unidos, o longa tem vendido mais ingresso de pré-estreia do que Pantera Negra (saiba mais).

Apesar do sucesso, e da notícia de que Alden Ehrenreich assinou contrato para três filmes no papel do jovem Han Solo, o diretor Ron Howard não garante que uma sequência vai mesmo acontecer.

Recentemente, foi confirmado que o filme terá 135 minutos de duração, graças a informações do Festival de Cannes, onde o longa será exibido fora de competição – veja a lista de selecionados.

O longa sobre a juventude do personagem interpretado por Harrison Ford na franquia original (agora, Alden Ehrenreich) ainda tem Thandie Newton, Donald Glover, Woody Harrelson, Emilia Clarke e Paul Bettany no elenco.

Ron Howard (O Código Da Vinci) dirige a produção da Lucasfilm após alguns percalços na produção – anteriormente contratados, os diretores Phil Lord e Chris Miller (Uma Aventura LEGO) foram demitidos no meio da produção.

Han Solo: Uma História Star Wars estreia em 24 de maio de 2018.