Segundo a PursueNews, o novo remake de Mulan que está em pré-produção na Nova Zelândia, viu a Disney reservar um orçamento de US$290 milhões para o filme de guerra.

Isso coloca a diretora Niki Caro em uma companhia muito rara. Ela é apenas a décima mulher a ter um filme cujo orçamento é superior a US$100 milhões. Mas ela ultrapassou esse orçamento por uma ampla margem. Ela é obviamente a única mulher a ter um filme cujo orçamento é superior a US$290 milhões. Brenda Chapman, de Valente, atualmente detém esse recorde com US$185 milhões.

Neil Patrick Harris gastou R$ 500 mil em pintura tirada de parque da Disney


Jet Li (Herói, Os Mercenários) será o imperador da China no remake, enquanto Gong Li (Memórias de Uma Gueixa) negocia o papel de uma vilã feiticeira. O remake live-action será dirigido por Niki Caro (Encantadora de Baleias).

Liu Yifei interpretará a protagonista Mulan, que se disfarça de homem para de juntar ao exército e perseguir a vontade de se tornar uma heroína, honrando sua família e seu pai.

O live-action de Mulan estreará em 27 de março de 2020.

Confira alguns tuites dos fãs:

“Não consigo nem começar a descrever quão pouco interessado estou na Disney transformando Mulan na história sobre um cara que só respeita a protagonista como uma soldado e rival enquanto ele pensa que ela é um homem, e de repente a vê como ‘comível’ quando descobre que é uma mulher”, escreveu um.

“Quando você quer apoiar o remake de Mulan porque a Disney escalou uma linda e talentosa atriz que é chinesa para interpretar a protagonista, mas eles também vão substituir o ícone bissexual Li Shang por um cara aleatório de misógino que vai atrapalhar a jornada de Mulan e adicionar 0 elementos interessantes na história”, escreveu outro.

https://twitter.com/harleivy/status/986213652268118016?tfw_site=DigitalSpy&ref_src=twsrc%5Etfw&ref_url=http%3A%2F%2Fwww.digitalspy.com%2Fmovies%2Fnews%2Fa855051%2Fmulan-remake-li-shang-disney-bisexual-character%2F

“Então quer dizer que o novo personagem pratica bullying incansável com Mulan porque ela é melhor do que ele até descobrir que ela é uma garota. Não quero ofender, mas eu o odeio e nosso rei bissexual Li Shang nunca faria isso”, escreveu mais uma.

“Qual é o ponto de um filme de Mulan, da Disney, sem Li Shang?”, se perguntou outra.

https://twitter.com/sarahhollowell/status/986015256488087552?tfw_site=DigitalSpy&ref_src=twsrc%5Etfw&ref_url=http%3A%2F%2Fwww.digitalspy.com%2Fmovies%2Fnews%2Fa855051%2Fmulan-remake-li-shang-disney-bisexual-character%2F

“Já que o rei bissexual Li Shang não estará no live action de Mulan, e ao invés dele a Disney vai colocar um novo e problemático personagem que pratica bullying com ela até descobrir que é uma mulher, eu não me importo mais com esse filme e espero que fracasse”, disse outro.