Sebastian Stan, o Bucky de Vingadores: Guerra Infinita, espera que em breve o seu personagem nos cinemas assuma o posto de Capitão América no universo cinematográfico da Marvel. Foi o que ele revelou durante uma entrevista publicada pelo Heroic Hollywood, no qual falou sobre como isso influenciaria seu personagem.

“Eu seria um Capitão América diferente, somente não poderia ser o mesmo. Nos quadrinhos, isso sempre é interessante, pois vem seguido de uma turbulência emocional” disse o ator.

“Você tem que entrar nesse conflito de alguém que luta com seu passado, e com aquilo que ele sabe que é certo fazer. E você tem esse personagem que sempre procurou por identidade, e ele finalmente obtêm identidade, apenas para perdê-la para outra ideia, é uma abordagem muito complexa. Então se eles puderem abordar isso, seria muito diferente – seria mais sombrio – assumir essa posição”.


Vingadores: Guerra Infinita teve cenas importantes gravadas no Brasil

Vingadores: Guerra Infinita se tornou o filme mais rápido a atingir a marca de US$ 1 bilhão em bilheteria, tendo atingido o feito em pouco mais de uma semana em cartaz (saiba todos os números aqui).

O longa ainda é a maior estreia para um filme nos Estados Unidos, tendo superados os números de Star Wars: O Despertar de Força em seu lançamento (leia mais).

O filme ainda vendeu mais do que os últimos sete lançamentos da Marvel combinados em ingressos antecipados – saiba mais do número aqui.

A estreia foi tão forte que ajudou a Marvel a completar US$ 15 bilhões de bilheteria acumulada em todos os seus filmes – saiba mais.

Vingadores: Guerra Infinita chegou aos cinemas no último dia 26 de março.