Vingadores: Guerra Infinita | Executivos da Marvel tentaram barrar decisão do filme; entenda

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Cuidado!!! Spoilers de Vingadores: Guerra Infinita!

Não precisa dizer que há muita morte em Vingadores: Guerra Infinita. Mortes que sem dúvida podem ser desfeitas com os Vingadores 4, mas por enquanto, os irmãos Russo distribuíram uma enorme dose de morte para o recente filme dos Vingadores, incluindo o Pantera Negra, já que T’Challa foi vítima do estalo de Thanos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mas alguém tentou impedir isso e não foi o próprio T’Challa. Nate Moore, executivo de produção e desenvolvimento da Marvel Studios, para não mencionar um produtor da Pantera Negra, disse recentemente ao The Huffington Post que estava ciente do plano dos irmãos russos já em 2015, quando o diretor Ryan Coogler estava na época trabalhando em Creed. Com esse conhecimento em mente, Moore revelou que ainda pedia aos irmãos Russo que esperassem em matar o Pantera Negra.

“Eu sabia muito bem o que eles estavam falando e, pessoalmente, instei-os a reconsiderar”, disse Moore. “Mas a narrativa fazia sentido, então eu adoro ver um pouco mais de Wakanda nesse filme, e espero ver como eles vão resolver isso.”

Além disso, embora Moore não pudesse entrar em detalhes, ele entendeu a lógica por trás da decisão tomada pelos russos.

“Tocando em todas as diferentes idéias que você pode ter, você fala sobre os prós e contras de cada um, e eles tiveram alguns argumentos realmente convincentes sobre o motivo pelo qual aconteceu”, disse Moore. “Acho que, no final das contas, foi um final realmente interessante e quase mais complicado para o filme, por causa do quão bem Pantera Negra foi abraçado pelo público. Mais uma vez, pessoalmente doloroso, mas eu entendo o raciocínio”.

Vingadores: Guerra Infinita | Robert Downey Jr. compartilha vídeo de bastidores do filme

Vingadores: Guerra Infinita se tornou o filme mais rápido a atingir a marca de US$ 1 bilhão em bilheteria, tendo atingido o feito em pouco mais de uma semana em cartaz (saiba todos os números aqui).

O longa ainda é a maior estreia para um filme nos Estados Unidos, tendo superados os números de Star Wars: O Despertar de Força em seu lançamento (leia mais).

O filme ainda vendeu mais do que os últimos sete lançamentos da Marvel combinados em ingressos antecipados – saiba mais do número aqui.

A estreia foi tão forte que ajudou a Marvel a completar US$ 15 bilhões de bilheteria acumulada em todos os seus filmes – saiba mais.

Além disso, o filme já se tornou a maior bilheteria mundial da história para um longa-metragem baseado em uma história de super-heróis, superando o primeiro Vingadores.

O longa já tem data para chegar ao mercado de home-video: 31 de julho.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio