Recentemente, foi anunciado que Vingadores: Guerra Infinita custou cerca de US$ 300 milhões para ser produzido (saiba mais). Agora, porém, os diretores Anthony e Joe Russo revelaram mais detalhes dos custos de produção do longa. Segundo eles, a Marvel gastou cerca de US$ 450 mil (R$ 1,5 milhões) por dia com o longa, que acabou ultrapassando seu orçamento inicial.

“A verdade é que a maioria vai para o elenco” disseram os diretores. “Se você ver, o elenco pega uma grande porcentagem disso. Esses filmes fizeram muito sucesso e quando o filme faz sucesso, o elenco fica mais caro”.

Efeitos visuais também incharam os custos da produção, pois custavam “algo em torno de centenas de milhões” segundo os irmãos Russo. “O custo ficou em torno de 350, 400, 450 mil dólares por dia, apenas para manter a produção acontecendo”.


Vingadores: Guerra Infinita teve cenas importantes gravadas no Brasil

Vingadores: Guerra Infinita se tornou o filme mais rápido a atingir a marca de US$ 1 bilhão em bilheteria, tendo atingido o feito em pouco mais de uma semana em cartaz (saiba todos os números aqui).

O longa ainda é a maior estreia para um filme nos Estados Unidos, tendo superados os números de Star Wars: O Despertar de Força em seu lançamento (leia mais).

O filme ainda vendeu mais do que os últimos sete lançamentos da Marvel combinados em ingressos antecipados – saiba mais do número aqui.

A estreia foi tão forte que ajudou a Marvel a completar US$ 15 bilhões de bilheteria acumulada em todos os seus filmes – saiba mais.

Vingadores: Guerra Infinita chegou aos cinemas no último dia 26 de março.