Outro dia, outro processo movido por alguém que diz que o filme de animação de 2015, Divertida Mente, é uma fraude de sua própria ideia.

A Disney e a Pixar foram atingidas por um processo movido por um canadense que diz que o filme de sucesso infringe seus direitos autorais de um trabalho com o mesmo título, entre inúmeras outras semelhanças.

O processo, apresentado na corte federal na Califórnia por Damon Pourshian na segunda-feira, diz que Pourshian escreveu um roteiro intitulado Divertida Mente em 1999 como parte de uma aula de roteiro e que o roteiro foi transformado em um curta no ano seguinte.


De acordo com o processo, a escola onde o trabalho foi criado, o Sheridan College, “enviou grandes números de seus formandos para trabalhar na Disney e na Pixar e é considerada uma escola ‘alimentadora’ para a Disney e a Pixar”.

“Quando o Sr. Pourshian viu o Divertida Mente da Disney / Pixar, ele notou semelhanças impressionantes entre seu trabalho e o da Disney / Pixar”, diz o processo. “Sr. Pourshian soube depois das muitas conexões entre Sheridan College e Disney e Pixar, incluindo vários estudantes que estavam no Sheridan College na época em que seu curta-metragem foi exibido e passaram a trabalhar no Divertida Mente.

Vídeo revela as emoções que foram cortadas pela Pixar

Leia a crítica do filme

Riley e suas emoções voltaram recentemente no curta Riley’s First Date, sobre o primeiro amor da garota.

O curta derivado de Divertida Mente se passa um ano após os eventos do longa animado, após Riley e sua família terem se estabelecido em San Francisco. Na trama, Riley, agora com 12 anos de idade, é uma estudante do ensino médio e está começando a atrair a atenção dos garotos – veja clipes e fotos.

Riley’s First Date foi disponibilizado em novembro como material extra no DVD e Blu-ray de Divertida Mente.