Roteiristas revelam que Capitão América: Guerra Civil quase foi bem diferente

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os roteiristas Christopher Markus e Stephen McFreely planejavam um terceiro filme bem diferente para o herói Capitão América antes do presidente da Marvel, Kevin Feige, incentivá-los a adaptar Guerra Civil.

Comparecendo ao podcast Fat Man on Batman, ao lado do cineasta Kevin Smith, Markus e McFreely falaram que o filme originalmente lidaria com a trama “envolvendo Bucky e Zola”, se referindo ao Soldado Invernal (Sebastian Stan) e ao vilão nazista Dr. Arnim Zola (Toby Jones).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Então, um dia, Kevin entrou na nossa sala e sussurrou: ‘Guerra Civil’. Então nos damos conta que ele tinha acabado de nos dar um filme de US$ 1 bilhão”, brincou Markus.

“Poucas semanas depois, quando já tínhamos começado a trabalhar no roteiro, ele entrou na nossa sala de novo e disse: ‘Homem-Aranha’”, riu ainda McFreely.

Vingadores: Guerra Infinita | Robert Downey Jr. compartilha vídeo de bastidores do filme

McFreely e Markus também escreveram último longa da Marvel, Vingadores: Guerra Infinita, que se tornou o filme mais rápido a atingir a marca de US$ 1 bilhão em bilheteria, tendo atingido o feito em pouco mais de uma semana em cartaz (saiba todos os números aqui).

O longa ainda foi a maior estreia para um filme nos Estados Unidos, tendo superados os números de Star Wars: O Despertar de Força em seu lançamento (leia mais).

A estreia foi tão forte que ajudou a Marvel a completar US$ 15 bilhões de bilheteria acumulada em todos os seus filmes – saiba mais.

Além disso, o filme já se tornou a maior bilheteria mundial da história para um longa-metragem baseado em uma história de super-heróis, superando o primeiro Vingadores.

Vingadores 4 deve chegar aos cinemas em 3 de maio de 2019.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio