Shailene Woodley diz que Divergente quase a fez desistir de atuar

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A estrela Shailene Woodley contou que a saga Divergente quase a fez desistir da atuação – e que o papel em Big Little Lies garantiu que ela “se apaixonasse novamente” pela profissão.

“O último filme de Divergente foi uma experiência difícil para todo mundo”, contou à revista Porter. “Eu saí daquele set pensando que precisava ter mais experiências humanas na minha vida e no meu trabalho. Era como se eu tivesse chegado a um beco sem saída na atuação”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Então Big Little Lies chegou, e eu me apaixonei de novo. Quando eu recebi o roteiro, meus agentes não me enviavam nada há mais de um ano – aos meus pedidos! Mas então eu li, e era um material incrível, e Laura [Dern] me ligou dizendo que eu seria perfeita para o papel. Nós trabalhamos juntas em A Culpa é das Estrelas”, revelou ainda.

Vidas à Deriva | Shailene Woodley irreconhecível em trailer de drama de naufrágio

A adaptação cinematográfica da série Divergente tinha o plano original de dividir o quarto livro em dois filmes, mas a fraca bilheteria de A Série Divergente: Convergente fez o estúdio reconsiderar a decisão e optar por migrar a franquia para a TV.

Com direção de Lee Toland Krieger (A Incrível História de Adaline), que substituiria Robert Schwentke (Insurgente, Convergente), A Série Divergente: Ascendente estava marcado para encerrar a franquia em 8 de junho de 2017.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio