O mais novo filme policial brasileiro Intervenção teve o seu roteiro revelado pelo jornal Estado de São Paulo. Em entrevista a publicação, o roteirista do longa, Rodrigo Pimentel, autor de Tropa de Elite, afirmou que o filme fará crítica a intervenção no Rio de Janeiro.

A história é baseada em eventos reais que aconteceram por conta da instalação das Unidades de Polícia Pacificadora no Rio. A protagonista é Bianca Comparato, da série 3%, que encarna a policial Larissa, colocada como uma porta-voz de Rodrigo para os problemas que existem nas favelas cariocas.

“A UPP foi apresentada como a grande salvação. Eu era um entusiasta e hoje me sinto culpado. O símbolo dela era o contêiner, sinal de que era provisória, apenas para ganhar eleição”, declarou Pimentel ao jornal.


Intervenção | Para viver major, Marcos Palmeira raspa completamente a cabeça

Também é revelado que o filme voltará a discussão trazida em Tropa de Elite, de até onde vai o limite da atuação policial com os direitos humanos. Nesse caso, a interpretação ficará com a atriz Dandara Mariana, que fará a irmã de Larissa no filme, e terá falas baseadas na vereadora Marielle Franco, assassinada no início deste ano na capital carioca.

Baseado em histórias reais, Intervenção contará o dia a dia dos policiais que atuam nos morros da cidade. Ele tem direção de Caio Cobra e produção de Angelo Salvetti e Cosimo Valério. Além das atrizes, o elenco ainda com Marcos Palmeira, Zezé Motta e Babu Santana.

O filme chega aos cinemas no dia 15 de novembro.