O Texto a seguir tem pequenos spoilers de Missão Impossível: Efeito Fallout.

Christopher McQuarrie teve muito cuidado ao desenvolver o papel das personagens femininas de Missão Impossível: Efeito Fallout. O diretor não gostaria de mostrá-las como mulheres frágeis e dependentes do talento de Ethan Haunt (Tom Cruise) para solucionarem seus problemas. Em entrevista ao The Hollywood Report, o cineasta falou sobre o processo de criação de alguma delas e o que isso representa no longa-metragem.

“A regra simples era: mulheres não podem ser donzelas em perigo. E, eu quase levei isso ao extremo – a ponto de quase não colocar Ilsa (Rebecca Ferguson) na situação em que ela estava. Na minha cabeça havia uma voz da internet dizendo ‘Nós amamos Ilsa no último filme e você a transformou em uma donzela em perigo’. Eu pensei comigo ‘Espera um minuto, todo mundo neste filme está em perigo’. Não foi que ela acabou presa na teia que montou. Ela teve que se soltar de lá. Isso faz toda a diferença”, falou McQuarrie sobre a força das mulheres.


Ator de Missão Impossível revela que policiais apontaram arma para sua cabeça em sua casa

Mas, ela não é a única a mostrar que é independente. Até mesmo a ex-mulher de Ethan, Julia (Michelle Monaghan), que diferente das demais personagens femininas não foi treinada ou não está habituada a situações de risco, não fica na sombra do agente da IMF.

“O que me deixa orgulhoso é que neste filme não temos quatro mulheres, mas temos cinco. Tem Erica Sloan (Angela Bassett), Julia, a Viúva Branca (Vanessa Kirby), Ilsa e a Policial parisiene (Alix Benezech). Todas as mulheres deste filme dominam as suas cenas, e todas elas mexem com Ethan. Não são pessoas que olham para o Ethan com um tipo de dependência. Elas não estão atrás dele por proteção ou para que ele resolva seus problemas. Seu jogo é jogado fora por cada uma delas. Isso é o que eu gosto muito”, acrescentou o diretor.

Missão Impossível: Efeito Fallout estreou nos cinemas na semana passada e marcou a melhor abertura mundial de um filme da franquia.