Uma das cenas mais aguardadas de Missão Impossível: Efeito Fallout é o salto HALO, técnica militar avançada, que Tom Cruise fará de um avião para o solo a 25 mil pés de distância. Para que o momento ficasse perfeito, a equipe de produção precisou desenvolver um traje que só será utilizado nesta sequência da história.

O diretor Christopher McQuarrie explicou que colocar somente óculos de proteção no ator faria com que as câmeras não conseguissem captar a expressão facial de Tom Cruise, algo que “todos estão pagando para ver”. Outra ideia foi colocar um iluminação no capacete de oxigênio, mas a produção ficou receosa de que uma falha que causasse curto pudesse colocar fogo na cabeça do protagonista.

Missão Impossível: Efeito Fallout ganha dois vídeos focados nos cinemas IMAX


A solução foi então desenvolver algo completamente novo. “Gastamos meses desenvolvendo esses capacetes. Tudo que você ver Tom usando nesta sequência não existia antes das filmagens”, revelou o diretor.

A cena é a mais esperada por alguns outros motivos. Tom Cruise e McQuarrie queriam gravá-la no pôr do sol, o que dava a eles somente três minutos por dia para que as gravações acontecessem. Por isso, o ator teve que realizar o salto por 106 dias até que tudo ficasse perfeito.

Missão Impossível: Efeito Fallout chega aos cinemas no dia 27 de julho (sexta-feira).