Primeiro-Ministro da Malásia é preso por desvio de dinheiro durante produção de O Lobo de Wall Street

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Investigadores anti-corrupção da Malásia prenderam nesta terça-feira (03) o ex-Primeiro Ministro do país, Najib Razak, pelo seu suposto papel em um desvio multibilionário de um fundo de investimento estatal ligado ao financiamento do filme O Lobo de Wall Street (2013).

De acordo com a operação do governo, milhões de dólares foram transferidos para a sua conta da SRC International, uma antiga subsidiária do fundo 1MDB. Ainda nesta terça-feira, seu enteado, Riza Aziz, CEO da produtora Red Granite, responsável pela produção do filme, foi questionado pelas mesmas autoridades sobre o caso – as investigações contra ambos já haviam se tornado públicas há alguns dias.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ator revela ter sido assediado por Kevin Spacey durante gravação nos anos 90

Segundo investigadores norte-americanos, o 1MDB foi usado para extrair desviar milhões de dólares para investimentos pessoais de Najib e sua família, como no filme de Martin Scorsese e outras produções da Red Granite. No início de 2018, a empresa aceitou devolver 60 milhões de dólares ao governo dos Estados Unidos, mas negou ter cometido qualquer irregularidade intencional.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio