O diretor de Logan, James Mangold, voltou a utilizar o Twitter, dessa vez para tentar pôr um ponto final na polêmica com os fãs de Star Wars. O cineasta, com seu jeito particular, pediu para que os espectadores analisassem tudo com mais calma.

Toda confusão começou no último dia 4 de julho, quando Mangold postou na rede social a sua insatisfação com fãs fervorosos. No primeiro comentário, o diretor afirmou que quando se tornasse “emocionalmente pesado escrever para grandes franquias como se fosse uma nova bíblia”, muitos diretores começariam a deixar os filmes.

Muitos entenderam que o tuíte foi feito especialmente para os fãs de Star Wars. Após o Episódio XIII, que deixou alguns fãs insatisfeitos, atores e o diretor Rian Johnson receberam ataques pelas redes sociais.


Star Wars | Derivado focado em Boba Fett será escrito e dirigido por James Mangold, diretor de Logan

Para tentar acabar com a polêmica e explicar-se, ainda mais que Mangold estaria em um projeto derivado da franquia, o diretor voltou a tocar no assunto.

“O fervor de alguns ataques tem a mesma ferocidade evangélica. Agora eu entendo que para muitas pessoas, incluindo eu, a saga Star Wars possui uma tremenda força espiritual, similar a uma religião”, começou se explicando o diretor.

“Tente lidar com os desapontamentos do jeito que Yoda faria, ao contrário de Darth Vader”, terminou a mensagem. Por hora, os novos comentários podem ter travado a polêmica.

O diretor de Logan estaria escalado para escrever e dirigir um filme sobre o caçador de recompensas Boba Fett.