Uma das maiores polêmicas envolvendo a comédia em Vingadores: Guerra Infinita foi justamente a piada de Hulk não querendo aparecer em momentos cruciais após levar uma bela surra de Thanos no começo do filme.

Agora, na faixa de comentários em áudio da cópia digital já disponibilizada no exterior, é possível entender o que se passa na cabeça do Golias Esmeralda para não querer aparecer em nenhuma das lutas restantes.

“Essa foi uma jornada interessante que tivemos com Banner, tentando decidir como mexeríamos nele no Universo Marvel. O que faz dele tão único é que o personagem compartilha o corpo com duas personalidades distintas que se odeiam mutuamente. E ambos querem controlar o corpo. Então pensamos que seria uma ideia interessante se pegássemos Banner, que normalmente usa o Hulk para resolver situações de crise, e o surpreendermos com a negativa do anti-herói. Assim, a relação ficaria ainda mais disfuncional. É isso que estávamos fazendo.


Roteiro de Thor causou dúvida em Vingadores: Guerra Infinita.

As pessoas apenas assumiram que o Hulk estava com medo de enfrentar Thanos novamente. Mas o que queríamos dizer era que o Hulk, na verdade, estava cansado de resolver problemas e ser um herói para Bruce Banner.”, contam Anthony e Joe Russo.

O que acharam da justificativa? Convincente?

Vingadores: Guerra Infinita chega às lojas brasileiras em home vídeo no dia 22 de agosto.