007 | Danny Boyle deixou o filme por disputa com Daniel Craig, diz site

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta semana, a EON Productions anunciou que Danny Boyle (Trainspotting, Steve Jobs) não iria mais dirigir o 25º filme de James Bond. Agora, de acordo com fonte do Daily Telegraph, o motivo de sua saída parece ter sido relacionado a uma disputa sobre elenco com Daniel Craig, que interpreta o 007 no filme.

Aparentemente, Boyle queria escalar o ator polonês Tomasz Kot como o vilão russo do filme, que focaria em uma escalada de tensões com a Rússia, podendo gerar uma nova Guerra Fria. A escolha de Boyle, segundo a fonte, foi vista como uma decisão “de esquerda” e Craig não teria gostado disso.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

007 | Idris Elba confirma que NÃO será o próximo James Bond

“A opinião de Craig pesa muito nas decisões de elenco. Nenhuma das Bond girls foi escolhida sem seu consentimento”, disse a fonte do jornal.

“Por exemplo, ele escolhei Eva Green para ser a Bond girl quando chegamos às quatro finais para Cassino Royale e esse tem sido o caso para todas as Bond girls com quem ele trabalhou”.

Portanto, se as informações forem verdadeiras, o que poderia ser um dos mais promissores filmes da franquia em anos, perdeu uma grande chance, com o renomado diretor, por causa de problemas na escolha do elenco.

Por enquanto, o próximo James Bond tem data de estreia marcada para 8 de novembro de 2019.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio