Aos 21, Chloe Grace Moretz troca grandes estúdios por indies e filme LGBT: “Disseram que perderia minha carreira”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Chloe Grace Moretz estava na rota dos grandes filmes de Hollywood. Participou de grandes produções como Carrie A Estranha (2013), Kick-Ass (2010) e Kick-Ass 2 (2013), e poderia continuar com escolhas como essa. No entanto, aos 21 anos, a atriz decidiu ter uma mudança em sua carreira.

Apesar de estar entre as grandes estrelas de Hollywood e com a possibilidade de mega-produções, Chloe Grace Moretz confessou ao Indie Wire que não tinha a mesma felicidade que já teve. A indústria apresenta problemas, de acordo com ela.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu estava tendo um momento muito difícil com o sistema dos estúdios e tentava ter as questões respondidas. Eu fui confrontada com todos esses agressivos obstáculos e eu fiquei como – ‘Estou cansada de tentar passar por cima do sistema que está programado para me fazer falhar’”, explicou atriz.

Por conta disso, decidiu apostar em filmes independentes e encontrou o seu lugar no drama The Miseducation of Cameron Post. Por ser um filme de baixo orçamento, Grace Moretz revelou que os seus agentes não gostaram inicialmente da ideia.

Suspiria | Chloe Grace Moretz classifica como “o mais próximo de Kubrick”

“Meus agentes eram realmente contra isso. Eles achavam que eu não devia me arriscar. Eles disseram – ‘Você está louca. Você vai perder a sua carreira”, relembrou a famosa.

Moretz também comparou, indicando que não é o orçamento do filme que poderá definir se será ou não uma boa escolha de trabalho.

“Eu estava no sistema de estúdio de US$ 100 milhões, e voltei para o filme de US$ 1 milhão com esse roteiro incrível e essa personagem que muitas pessoas teriam recusado”, destacou a atriz.

Em Cameron Post, Chloe Grace Moretz interpreta a personagem do título, uma garota com pais evangélicos que a mandam para a chamada “cura gay” após ela ter sido flagrada beijando outra garota no baile de formatura. Enquanto ela está lá, ela faz amizade com outros que foram mandados para a terapia, ao mesmo tempo que se desentenderá com os responsáveis pelo tratamento.

O filme está sendo lançado nesta sexta (3), nos Estados Unidos. Confira o trailer:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio