Durante uma turnê de Cher nos EUA, a atriz e cantora parou em uma coletiva de imprensa em Atlantic City, onde revelou alguns desconfortos durante a produção de As Bruxas de Eastwick, filme de 1987 que co-estrelou com Jack Nicholson.

De acordo com Cher, Nicholson e o diretor George Miller (Mad Max: Estrada da Fúria) quase a impediram de trabalhar no filme, alegando que a atriz era velha e pouco sexy. (via THR)

“Eu só queria dizer que não quero você no meu filme. Jack Nicholson e eu achamos que você é muito velha e pouco sexy. Ele [Miller] não queria desligar. Ele só queria me dizer tudo: ‘Eu odeio o jeito que você anda, o jeito que você fala, não gosto da cor do seu cabelo, não gosto dos seus olhos'”, revela Cher.


Mad Max: Estrada da Fúria | George Miller fala sobre planos para as sequências

No fim, Cher acabou estrelando o filme ao lado de Susan Sarandon e Michelle Pfeiffer, que interpretam um trio de bruxas que inferniza a vida do personagem de Nicholson no longa.