Damien Chazelle, de La La Land, ainda não superou troca de envelopes no Oscar: “Ainda processando isso”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Damien Chazelle está prestes a lançar uma biografia épica do astronauta Neil Armstrong com o filme O Primeiro Homem. No entanto, o diretor de La La Land: Cantando Estações ainda não superou uma das maiores gafes do Oscar.

Em entrevista ao The Hollywood Reporter, o cineasta parece não ter superado ainda a troca de envelopes que aconteceu na 89ª cerimônia do Oscar, em 2017. O elenco de La La Land: Cantando Estações já estava comemorando o prêmio de melhor filme quando a produção percebeu que o vencedor era, na verdade, o longa Moonlight.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Todos nós estamos ainda processando isso”, afirmou o diretor para publicação, que manteve contato com o diretor de Moonlight, Barry Jenkins.

O diretor, que também esteve a frente de Whiplash (2014), revelou ainda um pouco da sua vida íntima para publicação. Damien Chazelle afirma ser viciado em trabalhar.

O Primeiro Homem | Ryan Gosling encara a Lua em novo pôster do filme

“Eu tenho ansiedade social cravada no meu DNA. Eu sou estressado, eu fico nervoso, eu sou do tipo de pessoa neurótica e viciada em trabalhar”, declarou o cineasta.

Sobre o seu novo filme, que será estrelado por Ryan Gosling, o diretor promete aos espectadores mais do que uma simples viagem ao espaço.

“Nós não sabíamos como era perigosa a primeira era de viagens ao espaço”, revelou Damien Chazelle.

Para quem quiser conferir a nova produção do cineasta, O Primeiro Homem será lançado no dia 11 de outubro nos cinemas brasileiros.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio