Diretor de O Procurado e Ben Hur quer fazer filmes apenas pelo computador

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O diretor Timur Bekmambetov desistiu de comandar grandes produções, ao menos por agora. O cineasta que já esteve em O Procurado (2008), Ben-Hur (2016) e Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros (2012), quer produzir filmes apenas pela tela do computador.

“Quando você experimenta o Screenlife (gênero desse tipo de filme) é como uma droga”, disse o diretor ao Indie Wire durante uma entrevista sobre a produção dos filmes pelas telas do computador.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Logo de início, o cineasta destacou que algo que chama atenção é poder fazer o que quiser.

“Você entra num mundo sem regras. Não há Sergei Eistensteins, nem John Fords, ninguém! Então você pode fazer o que quiser”, declarou Bekmambetov.

Quando se fala sobre o filme pela tela do computador, é literalmente gravado através dos dispositivos tecnológicos. O diretor conta que decidiu aderir ao formato logo após a decepção com Ben-Hur. Bekmambetov foi proibido pelo estúdio de usar as câmeras GoPro ou ainda outros aparatos tecnológicos.

O Procurado pode ganhar remake em forma de série na Netflix

“Quando você investe US$ 100 milhões, você precisa fazer filmes para todos e fazer algumas coisas medíocres. Não há como pessoas jovens tentarem. Screenlife imediatamente te dá essa liberdade”, explica Bekmambetov.

Nesse formato, o diretor já produziu e dirigiu alguns filmes. As produções tem baixo orçamento e podem ter alto lucro com histórias simples. Um exemplo é o filme Searching, que está sendo estrelado por John Cho (Star Trek). A história traz um pai que tenta fazer uma investigação e busca a filha desaparecida com informações da internet.

“Eu vivo em duas realidades, o espaço físico e a tela do computador. Eu estou fazendo escolhas morais. Eu não posso capturar isso nas câmeras mais. É hora de entender isso e começar a filmar isto, criando narrativas ao redor desse panorama”, explica o diretor.

A ideia de Bekmambetov é produzir 50 filmes por ano, mas sem buscar o sucesso comercial.

“Apenas um grupo de pessoas assistirá a um filme. Mas, eu tenho certeza que um desses 50 filmes vai ser bom o suficiente para todo país”, destacou o famoso diretor.

Confira o trailer de Searching:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio