Dave Bautista está com fogo nos olhos. Desde ontem quando declarou que se sentia “nauseado” em trabalhar para a Disney após a demissão de James Gunn por conta de tweets com teor polêmico, Bautista vem atacando a empresa publicamente.

Mesmo que por contrato ele seja obrigado a participar do próximo filme Guardiões da Galáxia, Bautista afirmou que vai pedir para ser liberado caso o roteiro original de James Gunn seja descartado:

“Se eles não usarem o roteiro, vou pedir para terminarem o contrato, me cortarem ou escolherem um novo ator. Será um desserviço para James se eu não fizer isso.”, contou para o Vulture.


Marvel não quer contratar diretores do estúdio para substituir James Gunn

Bautista é o defensor público mais decidido do diretor desde que a polêmica explodiu. O ator afirma que James é uma das pessoas mais decentes e educadas que ele já conheceu na vida.

Já a Disney não tem a menor intenção de permanecer ligada a James Gunn depois do caso vir à tona.