Alex Wolff, que estrelou o filme de terror Hereditário, que estreou em junho, revelou ter sofrido de estresse pós-traumático depois de gravar o longa-metragem de Ari Aster.

Em entrevista ao Vice, o ator afirmou que ainda está lidando com perda de memória por causa das gravações do filme.

“É difícil explicar, é apenas um sentimento”, revelou Wolff. “Não acho possível você passar por uma experiência como essa sem ter algum tipo de estresse pós-traumático”.


Jack Reynor, Will Poulter e Florence Pugh estarão em novo terror do diretor de Hereditário

O ator ainda disse como se preparou para o papel em Hereditário:

“Eu me mantinha acordado durante a noite, como uma forma de masoquismo emocional, trazendo tudo o que eu tinha de pior. Forcei-me a fazer o máximo do que estamos acostumados a fazer na vida. Queria absorver todo o sofrimento”, disse Wolff.

Hereditário estreou em junho e já é considerado um dos melhores filmes de terror do ano. A obra traz direção e roteiro de Ari Aster. Além de Wolff, estão no elenco: Gabriel Byrne, Toni Collette e Milly Shapiro.