O primeiro filme do Homem-Formiga poderia ter sido muito diferente, caso Edgar Wright (Chumbo Grosso, Scott Pilgrim) tivesse permanecido na direção. O diretor, no entanto, deixou o projeto por diferenças criativas com a Marvel.

Agora, em entrevista ao BadTaste.it, Evangeline Lilly, que interpreta Hope van Dyne no longa, revelou que a primeira cena que gravou com Paul Rudd, foi bastante intensa.

“A cena na qual Hope ensina Soctt como usar o receptor para treinar as formigas em seu carro”, explicou a atriz. “É uma cena muito intensa e essa foi a nossa primeira cena juntos”.


Homem-Formiga e a Vespa | Diretor indica que Luis pode ter sobrevivido a Thanos

Rudd também comentou sobre esse momento de Homem-Formiga, revelando que não sabia como tudo ia ficar após a saída de Wright.

“No primeiro Homem-Formiga, nós fomos escolhidos pelo Edgar Wright, ele nos contratou, então Edgar saiu do filme e não sabíamos o que estava acontecendo”, disse o ator.

“Mas nos encontramos para falar sobre os personagens, a história, o que estava acontecendo e qual era a situação. Absolutamente lembro da primeira cena que gravamos, no carro. A cena mais difícil do filme foi nossa primeira cena juntos”, disse Rudd, sobre seu trabalho com Evangeline Lilly.

No fim, tudo acabou indo bem e o filme gerou uma continuação, que ainda está em exibição nos cinemas.