Antes de fazer um estrondoso sucesso, o remake de It: A Coisa poderia ter tido um conceito diferente. O diretor Andy Muschietti não era a primeira opção do estúdio, mas sim Cary Fukunaga (Beasts of No Nation) que chegou a trabalhar no filme.

Para a GQ, o diretor que está trabalhando na série Maniac, com Jonah Hill e Emma Stone, da Netflix, contou o motivo de ter deixado o remake de It. Cary Fukunaga revelou que ele e o estúdio não tinham diferenças criativas como havia sido noticiado na época de sua saída.

“Eu acho que era medo da parte deles de que eles não poderiam me controlar. Eu seria um colaborador completo. Isso que é a parte ridícula. É mais uma percepção. Eu nunca ouvi uma opinião e disse, ‘F*dam-se vocês, não tem jeito’. Sempre foi uma conversa”, declarou o diretor.


Maniac | Emma Stone revela por que decidiu fazer a nova série da Netflix

Por conta da saída de It: A Coisa, Cary Fukunaga tem como último trabalho Beasts of No Nation, da Netflix. Na plataforma de streaming, o diretor lança a citada Maniac no dia 21 de setembro.

Já It: A coisa, com Andy Muschietti, está em produção da sua continuação. A parte 2 será lançada no dia 6 de setembro de 2019.