James Gunn, diretor de Guardiões da Galáxia, pode ter perdido seu emprego na Disney, mas, aparentemente, esse está longe de ser o fim de sua carreira no Cinema.

De acordo com o THR, o diretor já foi contactado por diversos produtores e executivos, de grandes estúdios rivais, a respeito de grandes projetos de Cinema.

“Eu trabalharia com ele sem pestanejar”, disse um executivo de um estúdio rival. O mesmo teria sido dito por outras dúzias de executivos com quem o THR conversou, que pediram para permanecer anônimos, visto que Gunn não pode entreter outras ofertas enquanto sua negociação para sair da Disney ainda está em aberto.


“Fui aconselhado que não posso levar nada até ele até que o assunto com a Disney esteja 100 por cento resolvido”, disse outro executivo de estúdio.

Guardiões da Galáxia Vol. 3 | Roteiro de James Gunn pode ter sido descartado

Dentre os estúdios interessados em chamar James Gunn, estaria a Warner Bros., que notavelmente produz os filmes baseados em HQs da DC, concorrente da Marvel/ Disney.

Esse interesse faz sentido, considerando o grande suporte que a indústria, incluindo o elenco de Guardiões da Galáxia, demonstrou a Gunn após a sua demissão.

Outras fontes do site ainda afirmam que há chance do diretor retornar à Disney de alguma forma, mesmo que seja para desenvolver e dirigir outro filme da Marvel. “Um veredito final não foi dado e as conversas com a Marvel ainda estão acontecendo”, disse uma fonte próxima a esses procedimentos.

Em todo caso, o futuro de James Gunn permanece incerto. Devemos saber mais sobre o assunto nas próximas semanas.