Mamma Mia: Lá Vamos Nós de Novo! | Produtora revela música adicionada de última hora

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mamma Mia: Lá Vamos Nós de Novo! poderia não ter tido uma das cenas mais elogiadas do filme. A produção revelou recentemente que a cena musical com Super Trouper foi adicionada de última hora no longa.

A produtora Judy Craymer contou ao Indie Wire que tomou uma decisão atípica para o filme. Mandou criar os figurinos para a cena final mesmo que não soubesse qual música seria a escolhida.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Sempre existiu a pergunta, ‘Qual o final?’. Não estava no roteiro quando foi feito. Björn (Ulvaeus) e Benny (Andersson) – membros do ABBA – disseram, ‘Não, não repitam Dancing Queen’”, contou a produtora.

Craymer ainda complementou a história, afirmando que sabia até as características que queria para o figurino.

“Eu sabia que precisávamos de fantasias, então eu disse para Michele Clapton, nossa fabulosa figurinista, ‘Independente do que acontecer, comece a desenhar alguma coisa agora. Isso vai ser com tecido spandex. Também terá botas com salto plataforma’”, relembra a produtora.

Crítica | Mamma Mia! Lá Vamos Nós de Novo

O elenco de Mamma Mia: Lá Vamos Nós de Novo! tem os retornos de Meryl Streep, Colin Firth, Amanda Seyfried, Pierce Brosnan, Stellan Skarsgard, Julie Walters, Dominic Cooper e Christine Baranski, núcleo principal do filme original.

Além disso, ganha as adições de Andy Garcia (Onze Homens e Um Segredo), Lily James (Cinderela), Jeremy Irvine (Fallen), Alexa Davies (Harlots), Jessica Keenan Wynn (Billions), Josh Dylan (Aliados) e Hugh Skinner (Os Miseráveis) e Cher.

Na trama do primeiro longa, Sophie Sheridan (Seyfried) vai se casar, então decide convidar três dos ex-namorados da mãe (Meryl Streep) para tentar descobrir quem é seu verdadeiro pai. Nesse novo filme, exploramos o passado de Donna e companhia enquanto acompanhamos a evolução de seus relacionamentos no presente.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio