Mulher-Maravilha | Gal Gadot apoia menino que comprou mochila da heroína para a escola

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Estereótipos de gênero aos poucos vêm sendo derrubados nos últimos anos, mas ainda há muita luta a ser travada antes que as pessoas possam agir e se vestir como querem.

Recentemente, Katie Alicea, mãe de um menino de cinco anos, da Flórida, passou por uma situação que evidencia o quanto esses estereótipos podem ser prejudiciais. Seu filho escolheu o material escolar temático da Mulher-Maravilha, incluindo uma mochila e uma tiara da heroína para vestir na escola.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Como uma boa mãe, ela apoiou a escolha do menino, que não traz absolutamente nada de errado, mas não deixou de mostrar sua preocupação sobre o garoto sofrer bullying na escola.

“Vou ser honesta, minha primeira resposta a ele foi, ‘você tem certeza?’ Sem pestanejar, ele respondeu, ‘sim, eu olhei todas elas [as mochilas] e amo superheróis e essa mochila da Mulher-Maravilha é minha favorita!’ ” Escreveu a mãe no Romper.com. “Eu perguntei se ele tinha certeza não porque a mochila me incomodou, mas porque eu imaginei os outros debochando de Isaac em sua nova escola, enquanto ele está tão ansioso para fazer novos amigos.”

Mulher-Maravilha | Fã cria trailer com trilha sonora de Aquaman

A mãe continuou:

“A verdade é, se eu começar a me preocupar sobre o que o mundo pensa, Isaac vai começar a se preocupar também, e não quero isso. Isaac pode mudar o mundo e mal posso esperar para ver o que futuro guarda para a criança mais legal que eu conheço.”

Gal Gadot, que interpreta a Mulher-Maravilha nos últimos filmes da DC, tomou conhecimento do caso e tweetou em apoio ao garoto e sua mãe.

“Acabei de ler esse artigo de Katie Alicea sobre quebrar estereótipos de gênero. É um tópico muito importante e algo no qual acredito fortemente. Espero que Isaac tenha utilizado a tiara e sua mochila da Mulher-Maravilha com orgulho na escola. #WonderBoy.”

Ainda há muito caminho a ser percorrido quando se trata desse tema, mas, ao menos, algumas heroínas e heróis parecem estar prontos para nos apoiar.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio