ATENÇÃO, SPOILERS

Lançado na última sexta-feira (17), Para Todos os Garotos que Já Amei é a nova comédia romântica da Netflix que segue uma jovem garota em um estranho triângulo amoroso.

O longa é inspirado em um livro de mesmo nome, mas algumas pessoas não sabem que o livro possui uma sequência. E é justamente por causa disto que durante os créditos finais, há uma pequena cena que prepara o público para uma possível sequência.


Na cena, John Ambrose McClaren, uma das antigas paixões de Lara Jean Son Covey, a protagonista da história, aparece na casa da personagem com uma carta da mão (a mesma carta que ela havia escrito para ele). Trata-se de uma referência ao livro PS: Ainda Amo Você, no qual Lara se reaproxima de John, o que causa um certo conflito entre ela e o atual namorado, Peter.

Se a Netflix resolver adaptar o segundo livro da série, John terá um papel muito importante, o que explica sua aparição repentina nos créditos finais.

Para Todos os Garotos que Já Amei | Autora do livro rebate críticas à filme da Netflix por não ter incluído garotos asiáticos

O filme segue Lara Jean Song Covey, uma jovem que escreveu cinco cartas, cada uma para um garoto que ela já amou durante a vida. Um dia, as cartas acabam sendo enviadas sem ela saber.

Apesar de não descrever a etnia da maioria dos personagens, no livro de Han muito deles tem características que são mais comuns em homens brancos, como cabelo loiro. No filme, quatro dos cinco garotos foram interpretados por homens brancos.