A Paramount Pictures está em uma posição complicada após a interrupção das negociações com Chris Pine e Chris Hemsworth, que seriam importantes no quarto filme da franquia Star Trek de J.J. Abrams.

As negociações de contrato exigiam um valor mais caro para Pine, que interpreta o protagonista James T. Kirk, mas o estúdio não parece disposto a oferecer um cachê mais alto para o ator.

Pode parecer terrível, mas o produtor independente Adi Shankar (da versão adulta dos Power Rangers) vê essa saída como uma oportunidade de contar novas histórias.


“Perder Pine e Kirk não é grande coisa, é meio legal. Atores não importam, histórias importam. Isso é o universo apresentando uma oportunidade de fazer algo diferente e audaciosamente ir aonde nenhum uniforme já foi”, explica Shankar ao Screenrant.

William Shatner, o Capitão Kirk de Star Trek, vai lançar um álbum natalino

Dirigido por S.J. Clarkson, o filme conta com o retorno de todo o elenco principal, mas ainda não tem data de estreia.