As atenções estão todas voltadas à Star Wars: Episódio 9, mas a discussão em cima de Star Wars: Os Últimos Jedi ainda não chegou ao fim. Agora, quem veio à público rebater as críticas do fãs que não ficaram nada satisfeitos com o trabalho do roteirista e diretor Rian Johnson foi o ator Oscar Isaac (Poe Dameron).

Em entrevista ao Yahoo, Isaac não aliviou, ainda mais quando o assunto foi o desenrolar da trama de Luke Skywalker (Mark Hamill). “O que eu acho realmente especial sobre tudo isso – especialmente para aqueles que não concordaram com o caminho que a história seguiu – é que isso oferece uma grande inspiração para criar suas próprias coisas”, detonou um dos protagonistas da nova trilogia.

“Obviamente, fazer o seu próprio filme de Star Wars é um desafio um tanto quanto difícil, mas pelo menos no ponto de vista de narrativa talvez você consiga fazer suas próprias coisas e mostrar o que você quer. Faça o que você quer assistir”, sugeriu Isaac Oscar.


Star Wars: Episódio 9 | Filme terá reunião entre Leia e Lando, afirma site

O ator também conversou sobre a “corte-marcial” a qual foi submetido durante a Comic-Con por um grupo de fãs que julga as ações de Poe Dameron como um dos grandes motivos pela dizimação da Resistência. Apesar de suas atitudes no filme terem sido desaprovadas, ele curtiu a experiência.

“Eu amei aquilo. É incrível, porque você tem pessoas que estão engajadas com a questão étnica da guerra e o que é liderança. A última coisa que você quer é que pessoas vejam o filme e fiquem, ‘Legal’ e depois passem para outro. As conversas continuam e ainda podem despertar emoções. Você conversa sobre coisas que realmente importam, entende?”, contou ele.

Star Wars: Episódio 9, que encerra a saga Skywalker, chega aos cinemas em 19 de dezembro de 2019.