Em mais uma amostra de “Hollywood odeia Donald Trump”, a presidência republicana recebeu mais uma crítica de um membro da indústria cinematográfica dos EUA.

Durante entrevista à Variety, o produtor Jason Blum (Corra!, Halloween) disse que o estado do governo Trump é tão preocupante que ele não se surpreenderia se os eventos de sua franquia Uma Noite de Crime se tornassem realidade.

“Se toda vez que houver um tiroteio nos Estados Unidos e a resposta do governo for colocar mais armas nas mãos das pessoas, então o que ‘Uma Noite de Crime’ está mostrando não parece nem um pouco louco. Donald Trump fica falando ‘Dê armas aos professores’. Eu poderia vê-lo dizendo ‘Vamos deixar as pessoas atirarem em quem elas quiserem por 12 horas todo ano”, disparou Blum.


Halloween | Blumhouse está perto de adquirir direitos de mais franquias clássicas como Sexta-Feira 13 e Alien

O novo filme da franquia, A Primeira Noite de Crime, diretamente parodiou a campanha de Trump em seus cartazes (que traziam o boné com o slogan Make America Great Again), e foi lançado nos EUA no começo do ano.

No Brasil, ainda não há previsão de estreia.