O Capitão América passou por muitas mudanças até chegar em Vingadores: Guerra Infinita.

Vivido novamente por Chris Evans, o herói assume a identidade de Nômade no terceiro filme dos Maiores Heróis da Terra, livrando-se dos símbolos do governo americano.

Durante um vídeo da WIRED, os diretores Anthony e Joe Russo falaram sobre a decisão em não usar o Sentinela da Liberdade como um símbolo patriota no novo filme.


“Joe e eu nunca respondemos bem aos quadrinhos antigos onde ele é basicamente um símbolo simplista de patriotismo. O que nós adoramos no personagem é sua humildade, o fato de que ele veio de raízes muito básicas e que foi através de sua força de vontade e sua aspiração, e pela boa sorte de ter sido escolhido para o program Super Soldado, onde ele conseguiu se tornar uma pessoa melhor do que jamais poderia. Eu acho que é isso o que as pessoas realmente admiram no personagem”, explica Anthony Russo.

As teorias mais malucas criadas pelos fãs para Vingadores 4

Vingadores 4 estreia em 27 de abril de 2019.